MANACÁ-DA-SERRA

Árvores Nativas e Exóticas

FICHA TÉCNICA

  NOME:  MANACÁ-DA-SERRA

  Tipo:  Árvores Nativas e Exóticas

  Luminosidade:  Sol Pleno

  Irrigação:  Alternada

  CARACTERÍSTICAS:  Nome Científico: Tibouchina mutabilis Nomes Populares: Manacá-da-serra, Cuipeúna, Jacatirão, Manacá-da-serra-anão Família: Melastomataceae Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical Origem: América do Sul, Brasil Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros Luminosidade: Sol Pleno Ciclo de Vida: Perene

  CURIOSIDADES:  O manacá-da-serra é uma árvore semi-decídua nativa da mata atlântica, que se popularizou rapidamente no paisagismo devido ao seu florescimento espetacular. Seu porte é baixo a médio, atingindo de 6 a 12 m de altura e cerca de 25 cm de diâmetro de tronco. O manacá-da-serra é uma excelente opção para o paisagismo urbano, pois não apresenta raízes agressivas, permitindo seu plantio em diversos espaços, desde isolado em calçadas, até em pequenos bosques em grandes parques públicos. O manacá deve ser cultivado sob sol pleno, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado periodicamente por pelo menos um ano após o plantio no local definitivo. Planta característica de clima tropical úmido, é tolerante ao clima ameno das regiões subtropicais. Multiplica-se por sementes, estacas e alporques.

Nome Científico: Tibouchina mutabilis Nomes Populares: Manacá-da-serra, Cuipeúna, Jacatirão, Manacá-da-serra-anão Família: Melastomataceae Categoria: Árvores, Árvores Ornamentais Clima: Equatorial, Subtropical, Tropical Origem: América do Sul, Brasil Altura: 2.4 a 3.0 metros, 3.0 a 3.6 metros, 3.6 a 4.7 metros Luminosidade: Sol Pleno Ciclo de Vida: Perene